Você já deve ter ouvido falar em bonificação por resultados, certo? Grosso modo, consiste em benefícios para funcionários e equipes pelas entregas feitas, especialmente aquelas em alinhamento com os objetivos estratégicos e valores do empreendimento.

É preciso destacar, no entanto, que a bonificação por resultados deve fazer parte de um programa maior e bem pensado — algo que estimule os colaboradores, mas que também promova saúde e crescimento do negócio. Para tanto, além de conhecer de perto o perfil dos talentos, torna-se necessário pensar no orçamento disponível, nos objetivos futuros e na tecnologia aplicada.

Nos tópicos seguintes, ganhamos profundidade no assunto. Explicamos o que é bonificação por resultados, seus benefícios e como implementá-la dentro da empresa.

Afinal, o que é bonificação por resultados?

Com frequência, empresas buscam alternativas para estimular sua força de trabalho, além de recompensar os talentos e equipes mais proeminentes. Assim, cria-se um elevado senso de meritocracia e entrega, o que subsidia resultados ainda mais promissores.

Em vista disso, a bonificação por resultados é uma importante iniciativa. Pense nela como o conjunto de políticas e práticas (ou seja, um mecanismo) para recompensar indivíduos e grupos que apresentam boa performance, além de alinhamento aos interesses em “jogo”.

A bonificação, especificamente, consiste em uma recompensa variável aos talentos, que pode ou não ser financeira. A verdade é que existem muitos tipos de bonificações, como em dinheiro, viagens, produtos ou até participação acionária na empresa. O mais frequente, no entanto, é que a bonificação seja financeira, ou melhor, em forma de dinheiro.

Há, ainda, as gueltas — bonificações pagas por terceiros, comumente fornecedores. Nesse caso, os próprios fornecedores (como de produtos eletrônicos ou serviços) podem bonificar os funcionários pela comercialização dos seus produtos, como um incentivo às vendas.

Os programas de bonificação por resultados costumam ser previamente alinhados com os talentos, garantindo que todos entendam suas regras (como data de início, término, normas e recompensas). Além disso, são conduzidas em parceria com o RH da organização.

Quais os benefícios da bonificação por resultados?

Existem muitos benefícios ligados ao assunto, tanto ao negócio quanto ao seu quadro de trabalho. Em última análise, um bom programa de bonificação pode tornar a empresa mais próspera e competitiva, graças aos avanços feitos ao longo do expediente.

A verdade é que os benefícios primários variam muito, pois dependem do estímulo gerado. Em alguns casos, bonifica-se assiduidade do talento. Outras vezes, bonifica-se performance em vendas, atendimento ou excelência operacional. A seguir, listamos alguns benefícios:

  • aumento da produtividade: os talentos dedicam mais tempo e energia às tarefas;
  • crescimento da assiduidade: maior presença e pontualidade ao trabalho;
  • retenção de talentos: os melhores profissionais sentem-se mais prestigiados;
  • maior alinhamento interno: talentos e equipes focados no que realmente importa;
  • aumento da motivação: criação de novos estímulos à força de trabalho.

Entretanto, que fique claro: esses benefícios só podem ser alcançados com um programa de benefícios bem-planejado e operacionalizado. É preciso esclarecer as regras do “jogo”, bem como fornecer as ferramentas para que os talentos alcancem os resultados desejados.

Como implementar a bonificação por resultados?

Na medida em que a bonificação por resultados é mal planejada e implementada, muitos problemas podem ser diagnosticados. Os colaboradores não sabem exatamente o que fazer para obter a bonificação, o que gera ruídos e conflitos, afetando o clima de trabalho.

Felizmente, não é difícil desenvolver um bom programa de bonificação. É necessário pensar em quatro coisas: quais resultados estimular, quais bonificações oferecer, como disseminar o programa entre os talentos e, por fim, como utilizar a tecnologia em favor da empresa.

Estabeleça o que deseja estimular

Primeiramente, é preciso ter uma clara compreensão do que você deseja estimular com os benefícios oferecidos. Pode ser muita coisa, como o aumento da assiduidade ao trabalho ou o crescimento das vendas. Sem essa compreensão, todo o trabalho posterior é frustrado.

Portanto, faça uma lista com três coisas que deseja estimular no trabalho. Em sequência, elimine duas delas e deixe apenas uma — na qual a maior parte do tempo a energia da sua equipe deverá ser concentrada. É uma tarefa difícil, mas crítica ao êxito da bonificação.

Determine a bonificação que será oferecida

Existem diversos tipos de bonificação e cada uma delas impacta de maneira singular o comportamento dos talentos e equipes. Se a bonificação não for boa, produzirá pouco (ou nenhum) estímulo, também não orientará a força de trabalho na direção certa.

Para definir a melhor bonificação, pense em três principais coisas:

  1. o tipo de desafio proposto;
  2. o perfil dos profissionais envolvidos;
  3. o orçamento disponível.

Uma ótima bonificação deve caber na intersecção desses fatores, promovendo os interesses do negócio, estimulando os talentos e cumprindo com o orçamento geral.

É importante, ainda, descrever os atributos da bonificação. Quais as regras do “jogo”, qual será a recompensa financeira, como os talentos terão informações sobre o progresso feito e qual o prazo para término do programa. Assim, a compreensão será clara.

Dissemine a bonificação por resultados

Agora que sabe o que estimular e como, é hora de disseminar a bonificação entre os profissionais e equipes. Essa etapa é, na verdade, um processo de comunicação e orientação, garantindo que todos entendam o que deve ser feito e como, entre outras coisas.

Para melhorar a comunicação e gerar engajamento em torno do programa, reúna-se com os profissionais e equipes contempladas. Adote canais que facilitem a comunicação sobre o programa. Aproveite, ainda, para investir em ações de marketing interno (endomarketing).

Conte com a ajuda da tecnologia

A tecnologia pode ajudar bastante, tanto na implementação da bonificação quanto no monitoramento dos seus resultados. Uma das melhores alternativas é o uso de cartões de premiação, que soma segurança, praticidade e agilidade à bonificação dos talentos.

Um cartão premiação permite que os funcionários recebam suas recompensas de forma digital, movimentando seus recursos com mais segurança e comodidade. A empresa, por sua vez, conta com plataformas para controle de saldo e uso dos benefícios concedidos.

Veja, a bonificação por resultados pode somar uma série de benefícios à empresa, como o aumento da motivação, produtividade e alinhamento. Todavia, seu planejamento e adoção exigem boas práticas, como a definição do que realmente importa e comunicação com os profissionais. É importante, ainda, adotar tecnologias que facilitem a entrega do benefício.

Gostou do nosso artigo? Aproveite para compartilhar suas experiências aqui nos comentários. Deixe suas principais dúvidas, sugestões ou contribuições.