Para acompanhar as mudanças no mercado de trabalho, várias empresas mudaram suas estratégias. Isso inclui também a forma como o pagamento da equipe é realizado. Uma tendência bem forte nos últimos anos, por exemplo, é utilizar a remuneração variável para otimizar a rentabilidade.

Se você quer melhorar a produtividade e otimizar seus custos, então essa também pode ser uma boa opção para você. Basta saber qual é o melhor tipo para seu negócio. Acompanhe e entenda!

O que é remuneração variável?

Trata-se de um regime de remuneração que complementa o pagamento fixo da sua equipe. A equipe passa a receber de acordo com desempenho, cumprimento de tarefas ou outro critério específico, seja de forma monetária ou com outros benefícios. Não se trata de remover a remuneração fixa do colaborador, mas apenas de usá-la como piso.

É importante que todos os critérios dessa remuneração sejam bem esclarecidos para os colaboradores. Dessa forma, eles podem prever mais facilmente qual será sua remuneração média.

Quais são as vantagens?

Existem bons motivos para adotar a remuneração variável na sua empresa. Alguns dos principais estão listados a seguir!

Incentivo à produtividade

Quando o colaborador recebe com base em seu desempenho, há maior incentivo para produzir mais no dia a dia. O resultado disso é também uma maior rentabilidade para o negócio.

Melhor relação entre custo e benefício

Dependendo do tipo de remuneração, você pode entregar mais valor para sua equipe ao mesmo tempo em que consome menos recursos. Algo vantajoso tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

Flexibilidade

Quando há momentos de instabilidade na demanda da sua empresa, pode ser difícil manter a mesma faixa salarial para toda a equipe. Porém, com a remuneração variável, o valor se ajusta naturalmente, reduzindo possíveis perdas financeiras.

Quais são os tipos de remuneração variável?

Há várias maneiras de implementar um programa de remuneração variável em seu negócio, cada um com suas próprias vantagens. Veja aqui algumas das principais!

Comissão por venda

Esse é o tipo mais conhecido de remuneração variável, sendo bastante usado no varejo. Aqui, cada funcionário tem um piso salarial, mas sua remuneração é baseada na quantidade e no tipo de produtos vendidos ao longo do mês. O valor varia de acordo com as metas de venda, o valor final, entre outros fatores.

Premiação por desempenho

É um tipo de remuneração extra baseada no total de metas cumpridas pela equipe ou pelo indivíduo. O mais comum é que seja um bônus anual oferecido a uma equipe que atingiu alguma meta elevada.

Benefícios

Além de compensação monetária, a remuneração variável também pode vir na forma de benefícios e experiências. Por exemplo, crédito ou descontos em restaurantes, lojas, viagens, entre outros. Também é fácil de implementar se você utilizar um cartão de benefícios, como o Cartão Multi.

Se aplicada no momento certo, a remuneração variável pode trazer benefícios tanto para sua equipe quanto para a empresa como um todo. E se você quiser oferecer todos esses benefícios de forma conveniente e prática, pode adotar o nosso Cartão Multi.

Entre em contato com a Eucard e conheça mais sobre nossos serviços!