Seu RH está preparado para 2020? O ano que se inicia promete impor grandes desafios, com oportunidades maiores ainda para crescer, faturar mais e expandir as operações do seu negócio. Veja alguns fatores que devem impactar a sua empresa neste ano e por que você deve se preparar para eles. Confira!

Crescimento da economia

Após alguns anos de recessão, a economia do Brasil finalmente voltou a crescer. O crescimento ainda é vagaroso, a passos curtos, é verdade. Mas isso quer dizer que a grande maioria das empresas hoje tendem a contratar mais do que demitir. Essa é uma ótima notícia, que traz panoramas positivos para o seu negócio crescer mais.

Porém, traz junto com ele a necessidade de eficiência e proatividade do setor de RH da sua empresa. Afinal, serão necessários processos seletivos eficientes para se escolher os melhores profissionais disponíveis no mercado, bem como treiná-los com um onboarding de qualidade.

Sem falar ainda nos trâmites burocráticos, financeiros e documentais que envolvem a admissão de um novo funcionário. E estes são bons motivos pelos quais o seu RH deve estar preparado, evitando prejuízo, perda de tempo e colocando os novos funcionários para trabalhar o mais rapidamente possível.

Novas normas da legislação trabalhista

Embora a reforma trabalhista já tenha sido aprovada e posta em vigor, novas alterações na legislação trabalhista estão sendo discutidas e algumas entram em vigor já durante o ano de 2020. Apesar do período de adaptação que as empresas costumam ter para modificar suas políticas de pessoal, a preparação do RH se faz fundamental.

Neste sentido, conheça algumas das principais novidades da legislação trabalhista para o ano de 2020:

  • CTPS online: o trabalhador agora pode emitir uma carteira de trabalho digital onde ficarão registrados seus dados trabalhistas. O empregador pode submeter todas as informações online. Basta ter o número do documento.
  • Contrato de trabalho verde e amarelo: nova modalidade de contratação elaborada pelo governo com a finalidade de incentivar o emprego de jovens que estão entrando no mercado de trabalho. Este tipo de contrato por tempo limitado para pessoas de 18 a 29 anos reduziu o depósito de FGTS para 2% e reduziu a indenização por dispensa sem justa causa para 20% do FGTS.
  • As empresas não precisam mais de autorização para exigir o trabalho em domingos e feriados. Entretanto, a folga do trabalhador precisa coincidir com o domingo pelo menos uma vez a cada 4 semanas (comércio e serviços) ou uma vez a cada 7 semanas (indústria).

Outras alterações na legislação trabalhista foram feitas, mas estas não têm impacto direto sobre o seu RH.

Precarização do trabalho

Nosso mercado de trabalho passa por um contexto no qual muitos trabalhadores estão sem emprego e muitos outros acabam recorrendo à informalidade para sobreviver. Com tanta gente procurando um novo trabalho para fugir da precarização, empresas que oferecem benefícios a seus funcionários têm um diferencial para absorver os melhores profissionais.

Por isso, empresa que utiliza cartão de benefícios sai na frente, reduz o absenteísmo e diminui a rotatividade de pessoal. Prepare o seu RH para implantar bons benefícios aos colaboradores.

Fale com um consultor Eucard e saiba mais!